Bruno Reis admite conversas com PP para que 'avaliem seu posicionamento político


Sucessor direto de ACM Neto (DEM), caso o prefeito entre na disputa para o governo do Estado, Bruno Reis (MDB) admitiu que tem feito articulações políticas para atrair apoio à sua base. Ele afirmou que há uma "relação recíproca" com o PP, que os permite pensar em um "projeto comum para a Bahia".

"Tenho conversado com pessoas do PP, pedindo que avaliem o seu posicionamento político e a possibilidade de construir um projeto em conjunto com a gente", afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. A declaração foi feita durante o lançamento da segunda edição da Maratona Cidade de Salvador.

O evento aconteceu na manhã de terça-feira (06). Mas, apesar da declaração, o vice-prefeito ressaltou que não teve qualquer ingerência no convite para o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), assumir o Ministério da Saúde. "Eu tenho excelentes relações com diversos amigos que construí no PP, inclusive, com alguns até relações familiares. Mas não participei de qualquer conversa onde teve o convite para o vice-governador", tangenciou Reis.

O sucessor de Neto teria cogitado se filiar ao PP caso o partido migrasse para a base aliada do prefeito ACM Neto. O vice progressista recusou a proposta do governo federal segundo informações do Bahia Notícias.