Mulher presa em operação do MP-BA não é funcionária da Prefeitura de SAJ


Por Priscila Valente / 10/03/2018

A estudante de direito Andreza Souza Dias Souza (22) não é funcionária da Prefeitura de Santo Antônio de Jesus. A informação falsa começou a circular nas redes sociais nesta sexta-feira (9) após a divulgação da prisão da mulher durante a Operação Perfil Falso, coordenada pelo Ministério Público do Estado (MP-BA).

Andreza é acusada de ter ludibriado mais de 20 mulheres. Ela se passava por um homem em diversas redes sociais e, ao manter relacionamento com as vítimas, dizia “incorporar o espírito de um tio” para extorquir dinheiro das vítimas. De acordo com o MP-BA, algumas das vítimas são de Santo Antônio de Jesus, onde Andreza estudava em uma faculdade particular, e de cidades como Salvador e Nazaré.