Sobre o ‘fogo amigo’, vereador Chico de Dêga aponta: “Eu dizia que a cúpula do prefeito de SAJ ia ter trovoadas e trovões”

15/03/2018
Sobre o ‘fogo amigo’, vereador Chico de Dêga aponta: “Eu dizia que a cúpula do prefeito de SAJ ia ter trovoadas e trovões”
Após novas denúncias da mesa diretora contra a presidência da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus, nesta última terça feira (13), o vereador de oposição Francisco Damasceno, popular Chico de Dêga (DEM), afirmou em entrevista à Andaiá FM que e sente constrangido quando vereadores de situação fazem denúncias entre si, entretanto, se há algo de errado devem vir à tona, “a Câmara Municipal está passando por um processo transitório de denúncias realizadas pela Mesa diretora, composta pelos vereadores policial Altemir Dias (PTN) - 1º secretário; Pedro Ribeiro, conhecido Pedro de Têca (PSD) – Vice-presidente; e Gerson Pereira, popular Irmão Gerson – 2º Secretário. Eu fiz meu pronunciamento e afirmei que as denúncias são graves, que cabe acompanhamento para trazer a veracidade dos fatos a população. Chico afirmou ainda que confia no presidente Antônio Nogueira, o popular Tom (PSB), mas é direito de todo vereador fiscalizar para o bem da população, “eles são companheiros do mesmo grupo, por isto, como vereador de oposição, espero que os fatos fiquem claros. Eu dizia a pouco tempo, que a cúpula do prefeito ia ter trovoadas e trovões, depois relâmpagos e chuva”, disse.

Sobre afirmação de Dr. Leonel Cafezeiro: O ex-vereador do Leonel Cafezeiro (PMDB) afirmou que o grupo Beija-Flor está sem identidade e sem pessoas para inovar (veja aqui). Após ser questionado sobre o assunto, Chico de Dêga pontuou: “joga uma frase para ficar no dia-a-dia, para ser questionamento para os grupos políticos. Quando se está no poder e depois perde seu posto, cada um vai cuidar de sua vida particular, mas quando chega o período eleitoral, começam a se aglutinar. Nosso grupo é forte, tem liderança, como nosso ex-prefeito Humberto Leite (DEM) que continua forte. Quando a gente cita nomes chega até ferir, mas nós temos diversos nomes em nossa conjuntura”, falou.

Redação: Voz da Bahia