Após deixar Fazenda de SAJ, Bahia abre a boca para imprensa e questiona Sindserv: Os senhores sabem o quanto é 13% na folha da prefeitura?


11/04/2018  
Após deixar Fazenda de SAJ, Bahia abre a boca para imprensa e questiona Sindserv: Os senhores sabem o quanto é 13% na folha da prefeitura?
A prefeitura de Santo Antônio de Jesus anunciou nesta quarta-feira (11), mudanças nas Secretarias da Fazenda e de Administração e Planejamento e nesse momento de saída de Joaquim Bahia que assumia as duas pastas até então, foi questionado sobre um dos grandes desafios da administração no momento, a reivindicação de aumento de salário dos servidores municipais, e o mesmo não se esquivou do questionamento e afirmou que já houve um diálogo entre as partes, mas que no entanto ainda não houve um consenso sobre o aumento, percentual e afins.  “Eu entendo perfeitamente essa questão do Sindicato que tem que efetivamente defender o interesse da categoria, mas nós procuramos demonstrar também pra eles é a situação do município. Tivemos uma reunião essa semana muito amistosa em que o Sindicato apresentou a pauta, uma única reivindicação, reajuste de 13%. O que nós perguntamos ao Sindicato naquele momento: "Os senhores sabem o quanto representa 13% na folha de pagamento do município? Sobre a folha de pagamento qualquer ajuste incide na folha, décimo terceiro, férias, encargos. Os senhores sabem quanto representa cada ponto percentual desse? 'Não. Não sabemos', disseram eles. Certamente essa negociação continuará sendo conduzida por doutor Igor Coutinho e por toda a administração”, argumentou. Bahia ainda afirmou, que orientou o Sindicato levantasse quanto representa cada ponto percentual para então a secretaria voltar a conversar com a instituição.
Nova secretária da Fazenda: Luciana Magalhães, como nova Secretária Municipal da Fazenda também foi questionada a respeito dessa pauta, e explicou que por estar assumindo a secretaria agora, embora fosse anteriormente diretora, não se sente apta a tecer um comentário sobre o tema sem antes fazer uma avaliação. “A gente está chegando e algumas ações da administração a gente não estava tão envolvido e a partir de agora que a gente vai fazer uma avaliação de todo o trabalho para daí tecer algum comentário, algum posicionamento a respeito”, disse. O prefeito Rogério Andrade (PSD) também já havia falado sobre essa pauta em outra ocasião  em função de críticas da presidente Sheila Suely do Sindserv que no momento criticava a gestão alegando descaso com a situação  
 Redação: Voz da Bahia