Marcos Mendes lança candidatura pelo PSOL e quer enfrentar Rui no segundo turno


O candidato ao governo do Estado pelo PSOL, Marcos Mendes, quer repetir o mesmo fenômeno ocorrido com Marcelo Freixo no Rio de Janeiro nas eleições municipais de 2016. O socialista participou da convenção estadual da agremiação, realizada no domingo (29), na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

O baiano ressaltou a desigualdade que a legenda vai enfrentar no horário eleitoral, mas pretende superar de maneira inteligente as dificuldades e enfrentar Rui Costa (PT) no segundo turno. “Mas Marcelo Freixo, com 11 segundos, esteve no segundo turno. Ele usou o pouco tempo de televisão de maneira inteligente”, diz.

"Acreditamos que vamos estar no segundo turno, mesmo com o poderio de estrutura do grupo do DEM. Se por acaso, esse não for o resultado final, nós vamos discutir em uma reunião de diretório. Vamos convocar toda a militância. Mas esse ponto para nós está descartado, porque acreditamos que vamos estar no segundo turno", analisa. Marcos Mendes quer lançar a figura da “co-governadora”, em vez de “vice-governadora” em sua gestão.

Para o posto, o socialista contará com Dona Mira, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto na Estado (MTST-BA). A candidata está confiante na disputa. “Venho a muito tempo na luta popular, na intenção de criar uma escola que contemple os nossos alunos. Venho também de uma luta do movimento negro e por uma moradia digna para os sem teto. Lugar de mulher é na política”, exalta Mira ao BNews.

A majoritária psolista ainda conta com o professor Fábio Nogueira e com a ialorixá Bernadete Souza, concorrendo pelas duas vagas à senatoria. "Acho que o Senado Federal é um espaço fundamental para que a gente possa ter representantes legítimos do povo brasileiro", ressalta Nogueira.

Bernadete diz que quer enfrentar o preconceito. "Para nós que somos adeptos de religiões de matrizes africanas é um desafio grande. Sofremos com a intolerância religiosa", destaca. "Queremos levar cidadania ao Senado", completa. Informações do Bocão News - Foto: Vagner Souza/BNews