Justiça suspende cobrança de zona azul no centro da cidade de Itabuna, sul da Bahia

Os motoristas que estacionaram no centro da cidade de Itabuna, no sul da Bahia, nesta última segunda-feira (6), não pagaram pela zona azul. A taxa deixou de ser cobrada após determinação da Justiça do estado. A decisão foi deferida no dia 18 de julho, mas a empresa que administrava o serviço, Dom Parking, só suspendeu a atividade nesta segunda-feira.

Por conta da parada, cerca de 20 funcionários foram demitidos e outros receberam férias coletivas. A Justiça determinou a suspensão da cobrança após a Prefeitura de Itabuna decretar o fim do contrato com a Dom Parking e a empresa recorrer da decisão. O decreto da Prefeitura foi publicado no dia 10 de maio.

No entanto, no dia 25 do mesmo mês, a 1ª Vara da Fazenda Pública concedeu uma liminar para que a empresa voltasse a operar, mas,logo  em julho, a Justiça determinou a suspensão. A empresa foi notificada no último dia 31 de julho, mas ainda cobrou pelo estacionamento até o último sábado (4) deste mês. Nesta última segunda-feira (06), muitos motoristas foram pegos de surpresa com a falta da cobrança no centro da cidade segundo o G1.

"Tentei ativar minha vaga e não consegui. Eu não sabia que tinha sido suspenso o pagamento", contou a professora Vitória Solange. Em contato com a reportagem, a empresa Dom Parking informou que recorreu da decisão da Justiça, mas não comentou sobre as demissões.

A empresa começou a atuar na cidade em 2014 pra explorar o sistema de estacionamento no centro. Ao estacionar em uma vaga, o motorista tinha dez minutos de tolerância para permanecer no local sem precisar pagar. Caso ultrapassasse esse tempo, precisaria comprar créditos com um monitor da empresa. Para os carros, o valor era de R$ 2 por hora.