“A qualidade de morte é algo muito importante”, explica Dr. Euvaldo Rosa

A entrevista do Portal Infosaj/TV Recôncavo desta quarta-feira (26), foi com o médico cardiologista Dr. Euvaldo Rosa, que recentemente, realizou pós-graduação na área de cardiogeriatria já que as pesquisas provam que a população brasileira está cada vez mais idosa e quando se chega nessa idade os cuidados e atenção são essenciais. “As doenças cardiovasculares continuam sendo a principal causa de mortalidade e morbidade, ou seja, é a principal causa hoje de morte e invalidez das pessoas. Em segundo lugar, vem as doenças oncológicas (câncer). São dois tipos de patologia que elas atingem muito mais a população idosa. Então, tem surgindo alguns links, entre esses a cardiogeriatria não como especialidade médica ainda, mas como uma área forte de atuação porque aborda patologias que acontece com frequência muito grande com a população idosa”, disse Dr. Euvaldo. A nossa reportagem, o cardiologista ainda falou sobre a importância de participar de congressos na área de saúde. Falou sobre como cuidar de cada paciente desde o jovem até a idade avançada e afirmou que nos dias de hoje o médico precisa ser mais especialista em tratar de gente.
VEJA A ENTREVISTA COMPLETA COM O MÉDICO EUVALDO ROSA
“O médico ele não vai só tratar a doença, ele vai tratar uma pessoa. É isso que a formação médica tenta passar para todos os profissionais, nem sempre consegue, mas é esse o objetivo. Eu sou especialista em cardiologia, mas nunca chegou em minha porta nenhum coração sozinho batendo a procura de um tratamento. Quem chega aqui é uma pessoa. E essa pessoa tem uma história, que tem um problema, que tem uma vida e que tem vários outros órgãos. As especialidades elas existem e são muito importantes. As pessoas têm uma área de atuação maior em uma determinada área, mas não perdendo o principal que é a ideia do paciente como o todo. Ninguém vai tratar um câncer, o médico trata o paciente que está com câncer. O médico não vai tratar o infarto ou um AVC, o médico trata o paciente com infarto”, explicou Rosa que tratou de outros assuntos muito importante como a qualidade de morte. Veja outros temas na entrevista acima! Dr. Euvaldo Rosa atende no IAC – Instituto Avançado de Cardiologia que fica na Urmec em Santo Antônio de Jesus. Possui graduação em medicina pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e pós-graduação em cardiologia com título de especialista registrado no Cremeb.