Bolsonaro vai se reunir na próxima quarta com Temer, diz futuro ministro da Casa Civil

03 de Nov // Foto Tânia Rêgo / Agência Brasil | Polític
O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), escolhido por Jair Bolsonaro para ser ministro da Casa Civil de seu governo, disse na sexta-feira (2) que o presidente eleito vai se reunir com Michel Temer em Brasília na próxima quarta-feira (7). Ele passou a informação da agenda de Bolsonaro para jornalistas na frente da casa do novo presidente, na Barra da Tijuca (RJ). Onyx teve uma reunião de mais de duas horas com Bolsonaro.

"Na terça, ele vai para Brasília, se avista com os poderes. Na quarta, vai encontrar às 16h com o presidente Temer. E retorna na quinta", disse Onyx. O deputado e o presidente eleito têm passado os últimos dias definindo nomes que comporão o próximo governo e a equipe de transição, que vai começar a funcionar em Brasília a partir da próxima semana.

Ele já havia dito que Bolsonaro viajaria para a capital federal e se encontraria com Temer. Questionado sobre a reunião desta sexta com o presidente eleito, Onyx não quis dar detalhes. "Neste momento de transição, é hora de falar menos e trabalhar muito", afirmou. Logo depois que Onyx saiu, Jair Bolsonaro também deixou a casa, com escolta policial. Ele acenou para apoiadores que ficam em frente o condomínio onde mora o presidente eleito.

A assessoria de Bolsonaro não informou para onde ele foi. Mais cedo, Bolsonaro recebeu um alfaiate, que tirou as medidas do presidente eleito para confeccionar o terno da posse de 1º e janeiro. Também em casa, Bolsonaro cortou o cabelo, com o cabeleireiro que lhe presta o serviço desde que começou a carreira política. G1