Aliados de Eduardo Bolsonaro querem PSL ideológico e distância de colegas ilegítimos, diz coluna


Grupo discute a fundação de um movimento composto só por quadros que consideram de "direita legítima"

[Aliados de Eduardo Bolsonaro querem PSL ideológico e distância de colegas ilegítimos, diz coluna]
Foto : Reprodução/Twitter
Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 
O início confuso do novo governo tem gerado divergências na base do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Segundo a coluna Painel, um grupo de deputados eleitos pelo PSL discute a fundação de um movimento composto só por quadros que consideram de direita legítima. 
As conversas incluem projeções de, no médio prazo, levar os nomes considerados ideológicos para outra legenda, deixando deputados vistos como menos preparados no partido do presidente.
O filho do presidente e deputado federal mais votado do país, Eduardo Bolsonaro, é figura central do projeto. Ainda segundo a coluna, sua posição fortemente ideológica - dos filhos do presidente, Eduardo é o mais próximo do "guru" Olavo de Carvalho - tem servido de base para que integrantes do PSL critiquem colegas considerados ilegítimos, sem real aspiração intelectual ou política.

Nenhum comentário