Florence diz que Lídice é cotada como candidata da oposição à Presidência da Câmara


[Florence diz que Lídice é cotada como candidata da oposição à Presidência da Câmara]
19 de Janeiro de 2019 às 17:44 Por: BNews/ Arquivo Por: Henrique Brinco
O deputado federal Afonso Florence (PT) levantou a possibiidade de a deputada federal eleita Lídice da Mata (PSB) se lançar como candidata à Presidência da Câmara Federal, liderando, assim, o bloco de esquerda anti-Bolsonaro que se forma na Casa. Os petistas recuaram no apoio a Rodrigo Maia (DEM) depois que ele selou um acordo com o PSL, partido do presidente da República.
 
"O PT está trabalhando para organizar a oposição ao governo Bolsonaro. E está discutindo um bloco de partido independente em relação ao governo. Vai ter partidos de oposição. Estamos na expectativa que PSB, PSOL e PT esteja aí. Estamos trabalhando para o PCdoB e PDT saírem de baixo das asas de Bolsonaro e Rodrigo Maia. Nosso objetivo é organizar a oposição. Tem a candidatura de Freixo, JHC, Fábio Ramalho, Arthur Lira... A nossa identidade programática, por enquanto, é com a candidatura de Freixo", revela ao BNews.
 
Segundo ele, o nome da então senadora é ventilado nos bastidores. "No PSB se fala no nome de Júlio Delgado e também no da senadora Lídice da Mata. Ela já foi deputada, já foi senadora", destaca. "Nos partidos de oposição, que são da base de Bolsonaro e são independentes na Câmara, o nome dela sempre aparece".
 
Vale lembrar que Lídice da Mata já deu declarações de que predente continuar em Brasília cumprindo o mandato após uma orientação do PSB nacional. Sendo assim, ela não assumirá nenhum cargo no novo governo de Rui Costa (PT).
 
Caso Flávio Bolsonaro
Indagado sobre o caso Flávio Bolsonaro, que segundo o Coaf recebeu 48 depósitos suspeitos em sua conta bancária, Florence afirmou que o PT vai aguardar o desenrolar das investigações. "Depois de amanhã teremos uma reunião no PT e vamos discutir o caso. Mas as provas são robustas. E a tentativa de obstruir as investigações encontra guarida do pai dele", afirma. "Causa surpresa que não tenha havido nenhuma condução coercitiva e nenhuma busca e apreensão", alfineta

Nenhum comentário