Assessor do prefeito ACM Neto ao participar da Feira de Caxixis

Cobertura da Feira de Caxixis na noite desta última sexta-feira no município de Nazaré, no recôncavo baiano. O evento, que foi aberto na quinta-feira (18), reúne música e a venda de artesanatos e outras mercadorias locais. A entrada é gratuita e o evento segue até este domingo (21). A Feira de Caxixis neste ano conta com mais de 300 barracas. O destaque é o artesanato típico, principalmente peças esculpidas em barro. A maioria dos objetos que estão nas exposições para venda é produzida nas olarias de Maragogipinho, distrito do município vizinho, Aratuípe. Nossa reportagem conversou com o assessor especial do prefeito ACM Neto, o ex-prefeito Isaac Peixoto que falou da importância da Feira de Caxixis.


“Essa é a festa da região! Economia, emprego e renda. Nosso primeiro objetivo é trazer um público que invista e que gaste no nosso município. Todas as pousadas estão lotadas além de muitas casas que foram alugadas. Os restaurantes estão cheios e os oleiros vendendo os produtos que tem. Ficamos felizes com esse resultado. É a compensação de um esforço continuo da prefeita Eunice Barreto e de sua equipe. São muitos os turistas internacionais que aqui estão levando a história do barro e do sagrado. A bíblia indica que o homem veio do barro através de Adão e Eva. É o barro e o sagrado que se junta nesse momento à religiosidade e a festa profana, sobre tudo com respeito mútuo. A democracia reina na Feira dos Caxixis”, destaca Isaac Peixoto.
Ele que, como gestor municipal, teve oportunidade, não apenas de "pulverizar semear" mas, principalmente, irrigá-las para que, após germinação, pudessem se desenvolver e, assim, frutos fossem colhidos. Consubstanciado nessa assertiva é que ele se sente cada vez mais regozijado em estar lutando para que sua terra possa continuar exercendo toda uma importância na historicidade da Bahia, seja no que tange ao aspecto econômico-social, seja no que concerne ao espectro político. rticulador, poderia, para alguns, parecer-se utópico. Longe disso, mostra, nas entrelinhas, ser detentor de uma visão de futuro que se alicerça a partir do presente. No momento em que, com suas ideias, suscita a necessidade do município ser bastante divulgado para o mundo, dando asas a toda uma potencialidade que emerge de sua cultura e que se agiganta com a impetuosidade do seu povo, Isac mostra, através de seus conceitos, capacidade que transcende e se materializa de forma espontânea e tempestiva. Ao longo da história, só os visionários produziram grandes inventos.

Nenhum comentário