Ato em Defesa da Luta Antimanicomial reúne 23 municípios em SAJ


A Prefeitura de Santo Antônio de Jesus, através da Secretaria de Saúde realizou nesta quinta-feira (16), o I Ato Público do Fórum da RAPS do Recôncavo e Vale do Jiquiriçá em Defesa da Luta Antimanicomial. O evento aconteceu na Praça Padre Mateus em referência ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio e reuniu pessoas de 23 municípios da região, que participaram de uma programação com apresentações culturais, palestra, alongamento e exposição de artesanato. 

Segundo Edmundo Pontes, coordenador de saúde mental do município, essa luta consiste na defesa do tratamento em liberdade, para que não haja mais restrição aos manicômios. “Muitas vezes as pessoas com saúde mental são excluídas e maltratadas em manicômios, então a luta surge em crítica a lógica da internação, defendendo um tratamento em liberdade na comunidade e não em hospitais psiquiátricos. Estamos celebrando o avanço e combatendo o retrocesso na política de saúde mental”, Afirmou. 

A coordenadora da RAPS – Regional, Sílvia Brito comentou sobre a importância desse evento para a área da saúde de Santo Antônio de Jesus, que é a cidade polo da RAPS, e dos demais municípios envolvidos. “Quando trabalhamos a saúde mental na base do território junto com os vínculos afetivos, que é a família, temos um marco para que lembremos da necessidade de aderir a essa luta, que comprova o avanço da ciência e medicina com os tratamentos dentro da comunidade, inserindo essas pessoas socialmente. Santo Antônio de Jesus possui recursos importantes e agrega maior atendimento a essas pessoas na região”, Frisou.  
O evento tem apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Saúde (representada pela 4ª DIRES) e das secretarias municipais de saúde de: Amargosa, Aratuípe, Conceição Do Almeida, Dom Macedo Costa, Jiquiriçá, Laje, Muniz Ferreira, Mutuípe, Nazaré, São Felipe e Ubaíra. 

Nenhum comentário