PSB fecha questão contra a reforma da Previdência e retoma perfil de esquerda


O reencontro com as origens acontece cinco anos depois de o partido ter aberto espaço a políticos mais conservadores, como Eduardo Campos, então governador de Pernambuco

[PSB fecha questão contra a reforma da Previdência e retoma perfil de esquerda]
Foto : Reprodução / G1
Por Alexandre Galvão no dia 20 de Maio de 2019 ⋅ materia metro
Com 32 deputados federais, o PSB fechou questão contra a reforma da Previdência do presidente Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com a Folha, depois de ter caminhado em direção ao centro do espectro político, o PSB retomou um perfil mais à esquerda, unificou o discurso e quer se apresentar como um player importante no campo de oposição ao governo Bolsonaro.
Ao mesmo tempo, prepara o caminho para as eleições municipais de 2020, quando deve lançar candidatos próprios nas maiores cidades do país, aliando políticos experientes a jovens apostas.
“O PSB vai se afirmar com sua história e legado de mais de 70 anos. Não há crise de identidade”, afirma o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira.
O reencontro com as origens acontece cinco anos depois de o partido ter aberto espaço a políticos mais conservadores, como Eduardo Campos, então governador de Pernambuco, que concorreu à Presidência em 2014.

Nenhum comentário