Em Salvador, Ciro Gomes minimiza críticas a Rui Costa e diz ter ‘estima e amizade’ por governador baiano

Vagner Souza/ BNews


Vice-presidente nacional do PDT, Ciro Gomes minimizou nesta última quarta-feira (17) as críticas feitas na semana passada ao governador Rui Costa (PT). Em entrevista à Ràdio Guaíba, o pedetista questionou a atuação dos governadores petistas do Nordeste nos trâmites da reforma da Previdência. Hoje, Ciro afirmou ter amizade com o governador baiano.

“Eu tenho pelo governador Rui não só apreço, estima, respeito, mas amizade. E há muita intriga nesse ambiente. Eu não fiz isso para agredir o governador. Muito pelo contrário. Quem governa, a sua primeira preocupação é com as contas do seu estado. E eu me lembro que apoiei o governador Rui Costa, como apoiei o PT no meu estado. E não falei só do PT, mas do governador do PCdoB (Flávio Dino) no Maranhão também”, declarou.

Apesar de afinar o tom em relação às críticas a Rui, Ciro manteve o discurso de desaprovação aos petistas em geral. “Por que falei isso? É porque uma turma do PT fica agredindo a Tabata, agredindo o PDT, como se não tivéssemos nossas dificuldades e fôssemos pouco fieis à luta do povo, enquanto o PT é o perfeito guia genial dos povos que não falha. Eu lembrei que os governadores do PT e do PCdoB atuaram mesmo, pesadamente, em favor da Previdência, provavelmente porque acham que é uma providência correta”, disse. Bahia Notícias

Nenhum comentário