Em obras, Aeroporto de Salvador tem menor índice de aprovação entre usuários no Brasil


Mesmo com o resultado negativo, terminal superou a meta de satisfação geral estipulada pelo Ministério da Infraestrutura

[Em obras, Aeroporto de Salvador tem menor índice de aprovação entre usuários no Brasil]
Foto : Divulgação/Vinci Airports
Por Juliana Rodrigues no dia 02 de Agosto de 2019 ⋅
Entre os 20 principais aeroportos brasileiros, responsáveis por 87% da movimentação de passageiros no país, o Aeroporto Internacional de Salvador obteve o menor índice de aprovação entre os usuários que utilizaram seus serviços durante o segundo trimestre deste ano, segundo dados da Pesquisa de Satisfação do Passageiro e de Desempenho Aeroportuário, realizada pelo Ministério da Infraestrutura.
Mesmo com o resultado negativo, a pesquisa indicou pela primeira vez, desde o início da série histórica em 2013, que todos os aeroportos pesquisados registraram notas médias acima de 4 (bom), superando a meta estipulada pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero). Em uma escala de 1 a 5, onde 1 significa “muito ruim” e 5 “muito bom”, a média do indicador de satisfação geral do passageiro ficou em 4,39. No caso de Salvador, a média foi de 4,06 no trimestre de abril a julho.
O terminal teve as piores avaliações de usuários do país quando o assunto foi a qualidade da sinalização, disponibilidade das informações nos painéis de voo e disponibilidade de tomadas, além de questões de limpeza e infraestrutura. Outros pontos com avaliação negativa foram: disponibilidade de sanitários, limpeza geral, conforto térmico e conforto acústico. A pesquisa ouviu 24.320 usuários entre abril e junho.
Em nota, a concessionária Vinci Airports, que administra o aeroporto, atribuiu as notas baixas à “mais intensa fase das suas obras de modernização e ampliação, que reduziram o conforto dos seus usuários”, mas pondera que mesmo com as intervenções, o aeroporto ultrapassou a meta estipulada pela Conaero. “Acreditamos que os resultados evoluem, com a conclusão da primeira etapa de obras, em 31 de outubro de 2019, quando todos encontrarão um aeroporto mais funcional, eficiente e agradável”, afirma a empresa.

Nenhum comentário