Juiz repreende doleira que fez transmissão ao vivo ensinando a retirar tornozeleira


Juiz repreende doleira que fez transmissão ao vivo ensinando a retirar tornozeleira
Foto: Reprodução/G1
Uma transmissão ao vivo na rede social Instagram em que a doleira Nelma Kodama, condenada na Operação Lava Jato, ensinava a retirar a tornozeleira eletrônica foi alvo de repreensão pelo juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba, nesta quinta-feira (8).

Reportagem do G1 lembra que na terça-feira (6) o juiz autorizou que ela mesma fizesse a retirada do equipamento, usado desde junho de 2016. O juiz também deu prazo de cinco dias para a doleira devolver a tornozeleira à Justiça Federal.

O despacho indica que Nelma divulgou um tutorial de retirada do equipamento, "disponibilizando em diversos meios de comunicação". No Instagram, por exemplo, ela fez um vídeo ao vivo.

Nenhum comentário