Humberto Leite e lideranças também se reuniram, mirando sucessão municipal, em S.A.JESUS Notícias | postado por: Mascarenhas Por ANTONIO MASCARENHAS Ao mesmo tempo em que lideranças capitaneadas pelo pré-candidato Careca, à sucessão estadual, reunia-se no salão de eventos do Hotel Ilha Bela, centro em |Santo Antonio de Jesus, com participação dos deputados Alan Sanches e Arimeteia (estaduais) e João Roma (federal) e lideranças, o também pré-candidato Humberto Leite (ex-prefeito) posava ao lado de outras lideranças. Humberto que, pelo que se propala, não ficou satisfeito diante do posicionamento de parte significativa do grupo ao se manifestar em prol da candidatura de Careca. Ao lado de Humberto, Edson Diniz, Drs Dilson Machado, Everaldo Júnior, Leonel Cafezeiro, Murilo Miranda, Koke e Kailna Machado, Cel Matias, Dr. Sebastião, Jairo da Roupa Nova e outros nomes. Tal qual acontece na maioria dos municípios, acontecem defecções políticas dentro dos grupos políticos, sejam de situação, seja de oposição, nesses momentos que antecedem os prélios eleitorais. Daqui pra lá "muita água vai rolar", seja no seio do grupo "Beija-Flor!", seja no "âmago" do grupo "Jacu". Dizemos isso porque, dificilmente (pelo menos na atual conjuntura), surgirá uma terceira vertente, de forma, deveras, competitiva. A tendência dos grupos de oposição (e isso acontece em todo país) é que, na "hora da onça beber água", acabem se juntando, a não ser que vaidades sejam levadas ao extremo. E, em assim acontecendo, é imperativo que se tenha uma capacidade logística operacional suficiente para enfrentamento da frieza das urnas. A capacidade de organização (captação de apoios consideráveis) de cada um é que será determinante para o alcance de resultados. A situação, por sua vez, assiste, de cátedra, essa disputa sadia e democrática. Resta ao eleitor discernir a respeito de quem deverá conduzir, com esmero, os destinos do município a partir de janeiro de 2021. Até lá...muita água a rolar por baixo da ponte. Fotos encaminhadas por Catarina de Bira, via whatsapp.




Ao mesmo tempo em que lideranças capitaneadas pelo pré-candidato Careca,  à sucessão estadual, reunia-se no salão de eventos do Hotel Ilha Bela, centro em |Santo Antonio de Jesus, com participação dos deputados Alan Sanches e Arimeteia (estaduais) e João Roma (federal) e lideranças, o também pré-candidato Humberto Leite (ex-prefeito) posava ao lado de outras lideranças. Humberto que, pelo que se propala, não ficou satisfeito diante do posicionamento de parte significativa do grupo ao se manifestar em prol da candidatura de Careca. Ao lado de Humberto, Edson Diniz, Drs Dilson Machado, Everaldo Júnior,  Leonel Cafezeiro, Murilo Miranda, Koke e Kailna Machado, Cel Matias, Dr. Sebastião, Jairo da Roupa Nova e outros nomes.  
Tal qual acontece na maioria dos municípios, acontecem defecções políticas dentro dos grupos políticos, sejam de situação, seja de oposição, nesses momentos que antecedem os prélios eleitorais. Daqui pra lá "muita água vai rolar", seja no seio do grupo "Beija-Flor!", seja no "âmago" do grupo "Jacu". Dizemos isso porque, dificilmente (pelo menos na atual conjuntura), surgirá uma terceira vertente, de forma, deveras, competitiva. 
A tendência dos grupos de oposição (e isso acontece em todo país) é que, na "hora da onça beber água", acabem se juntando, a não ser que vaidades sejam levadas ao extremo. E, em assim acontecendo, é imperativo que se tenha uma capacidade logística operacional suficiente para enfrentamento da frieza das urnas.  A capacidade de organização (captação de apoios consideráveis) de cada um é que será determinante para o alcance de resultados. A situação, por sua vez, assiste, de cátedra, essa disputa sadia  e democrática. Resta ao eleitor discernir a respeito de quem deverá conduzir, com esmero, os destinos do município a partir de janeiro de 2021. Até lá...muita água a rolar por baixo da ponte. Fotos encaminhadas por Catarina de Bira, via whatsapp.