“Houve um mal entendido em relação à suposta denúncia de agressão”, diz Igor Kannário



O deputado federal Igor Kannário (DEM), disse que a acusação de agressão por José da Silva Santos, piscineiro que trabalhava em sua casa, foi um mal entendido. O parlamentar falou ao Bahia Notícias que irá apresentar sua versão dos fatos à polícia, e, de antemão e ressalta que confia nas investigações.

“Em uma conversa, a pessoa em questão praticou agressões verbais graves contra ele, inclusive na presença de diversas testemunhas. Kannário reitera que, em breve, todos os fatos serão esclarecidos e que a verdade virá à tona”, esclareceu Kannário.

José registrou o boletim de ocorrências no 26º distrito policial em Abrantes. No boletim de ocorrências de número 19-03787, o funcionário disse que o deputado o agrediu após ele comentar com Kannário que não iria mais trabalhar com ele, pois, o custo com seu deslocamento não era viável. Logo após, o parlamentar teria agredido o empregado com um soco na região da boca.

Em seu relato, o piscineiro diz que trabalhava com o deputado há um ano e que um cidadão que estava no local, conhecido como “Rasta” conteve Kannário e viu o ocorrido. No boletim de ocorrências consta que o deputado foi acusado de lesão corporal leve e seu funcionário passou por exame de corpo de delito. Bahia Notícias

Nenhum comentário