Em primeiro dia de Camaleão, cantor Bell Marques desfilou no Carnaval com bloco lotado e animou o folião

Clássico é clássico e ao escutar a multidão atrás do trio de Bell Marques, no bloco Camaleão, cantando junto com o artista dá para ter certeza que ele é um desses que sempre soube e sabe animar a folia.
Logos nos primeiros acordes de Selva Branca, ninguém conseguiu ficar parado dentro do Camaleão. Só era possível escutar “quanto mais sorvete quero seu calor” no começo do bloco.
Esse é o primeiro dia de desfile do bloco, um dos mais disputados pelos foliões em Salvador. No repertório, também não faltaram sucessos queridinhos do público, como Diga que Valeu e Menina me dá seu amor.
Para Mariana Boni, 30, Bell Marques é quase uma memória efetiva. O pai dela sempre botava as músicas do cantor para tocar em casa. “Meu olho já encheu de lágrima na hora que eu cheguei aqui, porque sou muito fã”, contou ela, que saiu no Camaleão pela primeira vez. 
A foliã acrescentou ao seu abadá uma bandeira do Bahia, time que o cantor Bell Marques também torce. “Queria que ele cantasse o hino. Se ele cantar, eu vou ter um troço”, disse.
Outro que é fã há muito tempo é Victor, 33, conhecido como Sorriso. Já são 11 anos curtindo o som de Bell e ele até já subiu no palco com o cantor. Neste ano, ele veio fantasiado de camaleão com os amigos e não se arrependeu de passar calor.
“Meu amigo entrou em um site e viu essa fantasia. A gente queria fazer algo especial e aí comprou. Mandamos de Portugal para os EUA. De lá, trouxeram para a gente pro Brasil”,  contou. Correio da Bahia

Nenhum comentário