O Poeta agita multidão em trio sem cordas no Carnaval; vocalista fala o que faz para não poder perder a voz

Ao som marcante do violino, a banda O Poeta arrastou uma multidão neste domingo (23) de Carnaval, no Campo Grande, em trio independente sem cordas. O vocalista Jhon Ferreira interagiu com a galera e cantou sucessos como Tapa no Vento e Tô só de Quebradinha.
Estreante na folia baiana, o cantor não escondeu a emoção de desfilar pela primeira vez no Circuito Osmar. “É o melhor ano da minha vida. Eu tô tão feliz e através da música posso mostra isso pra vocês”, disse, em um dos momentos que convocou os fãs para soltarem o gogó nos refrões.
Antes de subir no trio, o músico de 26 anos contou que está seguindo uma cartilha para a voz não falhar durante a folia. “Como é meu primeiro Carnaval, eu fiquei muito nervoso, por conta do repertório, da minha voz. Achei que talvez não conseguisse, mas graças a Deus venho fazendo tudo certinho. Fono, minha nebulização, água, maçã, sem beber, e eu tenho certeza que vou estar disposto o Carnaval inteiro”.
Até o Carnaval acabar, a banda fará um total de 12 shows na capital e interior do estado. Essa foi a segunda vez que Jhon puxou um trio sem cordas. Na quinta-feira (20), ele se apresentou no Circuito Dodô. Passada a ansiedade da estreia, ele se mostrou muito à vontade neste domingo no Campo Grande.
“Tô muito feliz e empolgado também. Eu estava nervoso antes, mas agora eu tô empolgado. É meu primeiro Carnaval, mas percebi que é só fazer o que a gente sabe fazer de melhor. Aqui no Campo Grande, estou perto da galera da Cidade Baixa, meu público da Suburbana”, vibrou o cantor. Correio da Bahia   Daniela Leone/CORREIO)

Nenhum comentário