Mulher é mordida por cão quando levava a filha para ser hospitalizada no HRSAJ; aumento de cães soltos nas ruas tem gerado preocupação

Uma mulher foi vítima de mordida de cachorro quando se deslocava para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) por volta de 1h da madrugada desta segunda-feira (2). Ela levava sua filha para a unidade de saúde. Em entrevista à Rádio Recôncavo, Alexandre Cirilo, esposo da vítima, disse que a esposa foi cuidar da filha e acabou ficando também no hospital. “Foi levar a filha no hospital e um cachorro mordeu ela próximo ao HRSAJ. Quando ela chegou próximo a emergência, ele mordeu o pé. Ela precisou tomar duas injeções e ainda tem que tomar mais duas. Era para ela cuidar da filha e acabou na mesma sala da filha por causa da mordida”, disse ele. Alexandre ainda criticou sobre a situação dos cães soltos pelo município e pediu providências. Além disto, contou sobre o estado de saúde de sua esposa. É uma cachorrada triste, só vejo acontecer isso aqui em Santo Antônio de Jesus. Com minha esposa foi a primeira vez, mas temos outras pessoas que também foram atacadas em outros lugares. Esses cães estão acabando com tudo. Isso não pode ficar assim. Graças a Deus minha esposa está bem, ela ficou chocada”, concluiu. Vale lembrar que foi aprovado em dezembro do ano passado, um projeto de lei que prevê a criação do Canil Municipal em Santo Antônio de Jesus. O projeto tem como objetivo controlar a população de cães, gatos e a extinção de doenças sazonais, com previsão de entrega para seis meses. Alexandre Cirilo não é a único em Santo Antônio de Jesus a reclamar dos animais soltos nas ruas. Boa parte da população reclama. E para amenizar a situação, a ONG ‘Amo Animais’ realizada um grande trabalho no município.

Nenhum comentário