“O nosso São João está mantido, mas estamos aguardando o posicionamento do governador do Estado”, diz vice-prefeito de Cruz das Almas

Por causa do coronavírus, muita gente já está preocupada com a aglomeração de pessoas durante os festejos que acontecem no interior da Bahia. Alguns prefeitos da região estão preocupados com a situação. E apesar de manterem o planejamento da festa, as gestões municipais não descartam uma possível suspensão se for necessário. O vice-prefeito do município de Cruz das Almas, no recôncavo baiano, Max Passos, garantiu que está avaliando a situação, mas ainda é muito cedo para tomar uma medida, “É prematura. A gente acha que pelas previsões que os órgãos responsáveis estão dando é que o mês de abril e maio serão os meses de pico alto do coronavírus. O São João está mantido, mas estamos vigilantes, e aguardando o posicionamento do governo do estado”, disse. O governador Rui Costa já falou nesta semana da possibilidade de cancelar a festa na Bahia, mas não confirmou. Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Cruz das Almas nesta última quinta-feira (19), há quatro casos suspeitos de coronavírus no município e as providencias já foram tomadas pela pasta.

Nenhum comentário