Rui reúne deputados para lavar a roupa suja e dar a fórmula 2020


Rui Costa tomou o café da manhã ontem com deputados estaduais da base aliada, encontro que tinha dois propósitos, ajustar os ponteiros, ou lavar a roupa suja, e estabelecer as diretrizes para o jogo dele, governador, em 2020.
Das queixas, duas.
1 — Deputados reclamam muito que Rui não os recebe e nem aos prefeitos. Ficou acertado que a partir de agora ele vai criar uma agenda para atender prefeitos.
2 — Eduardo Salles (PP) reclamou que no interior os terceirizados de colégios só quem indica é o PT. Rui disse que nessa área, a do pessoal que auxilia na educação e em postos de saúde, não fez politicagem. Só buliu por necessidade e deixou tudo como estava. E fez a ressalva que recebe algumas queixas, como da Cerb, administrada pelo PP (partido de Eduardo).
— Chegam se queixando a mim que lá, ou é do PP ou não abre o poço. Eu não vou ficar dando ouvido a essas coisas.
Ou seja, não disse, mas deixou explícito, que tem mais o que fazer.
Campanha — Rui também delineou a linha da sua posição pelo interior afora:
1  — Onde o embate for com a oposição, casos de Feira de Santana e Conquista, sobe no palanque do aliado.
2  — Onde tiver dois do governo e um da oposição vai para o palanque do governista que estiver mais forte.
3  — Onde a peleja for entre aliados do governo, simplesmente cai fora.
Protesto na hora errada
Atento aos humores predominantes no planeta por conta do coronavírus, o jornalista Eliezer Varjão conta um detalhe que mostra alguns segmentos do Brasil totalmente na contramão do momento:
— Se na Itália o país está todo travado, não se permite aglomerações nem em funerais, como é que aqui estão convocando um protesto anti-Congresso para o dia 15? 
Pois é. Parecem não ver que devagar e sempre a presença do corona só cresce.
Marcell, agora ‘dos Animais’
Um dispositivo do regimento interno da Assembleia permite que os deputados coloquem outros nomes, que não apenas o próprio, para formar a identidade parlamentar.
Assim  é que todos os 10 deputados do PT têm Lula no sobrenome, como Rosemberg Lula Pinto.
Foi por aí que o deputado Marcell Moraes (PSDB) inovou. Agora é Marcell dos Animais. Diz que do jeito que ele trata as pessoas é até melhor.
Mirela bota o time na rua
A deputada Mirela Macedo (PSD) vai botar o pé na estrada para enfrentar nas urnas este ano a prefeita Moema Gramacho (PT), de quem foi vice em 2016, e o empresário Teobaldo Costa (DEM), por acaso, ex-marido dela.
Ela diz que está conversando com o PP de João Leão e mais alguns partidos:
— Vou à luta, sim. Lauro de Freitas tem muitos problemas de mobilidade, de saneamento. Acho que podemos pautar essa agenda.Foto Shirley Stolze. Matéria, A Tarde

Nenhum comentário