Exposição do baiano Marepe em Turim, a cidade podre de rica que é sede da Fiat, ganha a cena digital

Coluna Boa Terra (Por Valdemir Santana) - Edição do dia 18/04
l

Tribuna da Bahia, Salvador
18/04/2020 11:16 | 
     
Foto: Montagem / Reprodução

Uma nova estrela da cena artsy brasileira, o baiano Marepe ( foto maior), ganha destaque desde a semana passada, no singular movimento mundial de levar objetos e imagens das galerias para exibição na internet. É o conhecido efeito da pandemia provocada pela “Covit 19”, impedindo a circulação de pessoas nos espaços culturais, quase todos fechados na Europa, Ásia e Américas. A exposição “Marepe – Entre o céu e o inverno”, ou no original em inglês, “Between heaven and winter” começou com padrão presencial, há um mês, na singular “Galleria Franco Noero” de Turim, na Itália. Desde a semana passada as trinta obras de arte estão na web. Uma delas está na foto detalhe desta edição.O destaque para o baiano Marcos Reis Peis Peixoto, nome de batismo do artista, numa das regiões mais ricas e pulsantes da Europa, não é pouca coisa. A endinheirada Turim forma com a
Milão e Gênova, a chamada “primeira Itália”. É na metrópole com mais de 2 milhões de habitantes que está a sede da “Fiat”, maior fabrica de carros do mundo. A “Galleria Franco Noero” é um bom exemplo desta pujança que garante Turim na arte européia. Ela instiga a cena artsy com um impressionante espaço de seis andares na elegante esquina da Piazza Carignano com a Via Mottalciata.
A exposição “Marepe – Entre o céu e o inverno” não é à toa. Ela foi montada praticamente no vácuo da exposição autobiográfica “Marepe: estranhamente comum”, montada em outubro na “Pinacoteca de São Paulo”. Foi noticia antecipada em Boa Terra com a nota exclusiva “Longe dos espaços baianos, Marepe ganha exposição gigante em São Paulo” da edição de 23 de julho.
Influência da Publisher Monique Borges de Melo ganha respaldo na cena business
A comemoração de vinte e cinco anos da jornalista e Publisher Monique Borges de Melo à frente da agência de comunicação e divulgação “Texto & Cia” ganha repercussão no cenário business local. Ela foi escolhida como uma das personalidades mais influentes pela edição Especial “Business Bahia 2020”, promovida pela revista “Let’s Go Bahia”. A publicação conta histórias de sucesso de empresários que, nos últimos dois anos, contribuíram para o avanço de setores da sociedade local.
Ente artistas e ativista indígenas, Gilberto Gil adere à onda de lives engajadas neste domingo
Sob comando e articulação da instituição ativista global “Greenpeace”, o cantor baiano Gilberto Gil entra animado na onda de lives engajadas que são projetadas na web como efeito do isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus.
Neste domingo o tropicalista ocupa espaço no “Festival Demarcação Já”, ao lado de ícones como Céu, Tropkillaz, Chico César e Felipe Cordeiro. A programação geral, marcada para começar desde ontem, 17, é acessada pelo “Twitter” do “Greenpeace Brasil”. Gil comenta a participação pelas redes sociais. “O coronavírus também é fruto de desequilíbrio da natureza causado pelo homem. Não podemos esquecer de estar atentos aos povos indígenas, ainda mais em um período tão conturbado para qualquer sociedade. O Festival Demarcação Já Remix reforçará essa necessidade, em 15 horas de transmissão online no Instagram com shows, entrevistas e exposições” detalha. A entrada de Gil está programada para às 11 horas da noite.
C