O médico Gilmar Calazans, de 55 anos, é o primeiro profissional de saúde a morrer em decorrência da Covid-19 na Bahia.

O médico Gilmar Calazans, de 55 anos, é o primeiro profissional de saúde a morrer em decorrência da Covid-19 na Bahia. Ele residia em Ilhéus e faleceu na manhã desta segunda-feira (20).  médico já atendeu no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e na Santa Casa de Misericórdia. Ele foi o 46º paciente a morrer pela Covid-19 no estado. Calazans, que trabalhava na parte de internamento do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), testou positivo para o novo coronavírus na última quinta-feira (16), quando iniciou o processo de quarentena. Como tinha um histórico de hipertensão desregulada, ele apresentou um agravamento no quadro de saúde e procurou ajuda na unidade onde trabalhava, mas sequer deu tempo de ser regulado. Em nota, a direção do HRCC, lamentou o falecimento do médico Gilmar Calazans Lima de 55 anos. Segundo a unidade, ele também tinha como fatores de risco obesidade e diabetes. “Neste momento de dor e consternação, deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos”, finaliza a nota do HRCC. A Prefeitura de Santo Antônio de Jesus também lamentou a morte do médico. “Natural de Santo Antônio de Jesus, onde trabalhou na Santa Casa de Misericórdia – Hospital Maternidade Luís Argolo e no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, o profissional faleceu na manhã desta segunda-feira (20) na cidade de Ilhéus, onde trabalhava e residia atualmente. Neste momento, de saudade e reflexão, manifestamos os nossos sentimentos a familiares, amigos, colegas e todos que tiveram a oportunidade de conhecê-lo”.

Nenhum comentário