Amazonas anuncia reabertura gradual do comércio em Manaus em meio a alta recorde do coronavírus


Sistema estadual de saúde do AM foi o primeiro do Brasil a colapsar

[Amazonas anuncia reabertura gradual do comércio em Manaus em meio a alta recorde do coronavírus]
Foto : Amazônia Real/Divulgação
Por Metro1 no dia 02 de Maio de 2020 ⋅ 
O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC) anunciou nesta semana um plano de reabertura escalonada do comércio não essencial em Manaus daqui a duas semanas. A medida ocorre em meio a uma alta recorde dos casos e óbitos de coronavírus no estado. O sistema estadual de saúde do AM foi o primeiro do Brasil a colapsar.
A capital do Amazonas é também a única até agora a enterrar mortos em valas coletivas após os óbitos terem crescido 179,5% no mês de abril, em comparação com o mesmo período do ano passado. Ainda segundo o governador, a reabertura vai depender das confirmações das projeções da curva de casos de coronavírus. Um estudo encomendado pelo governo estima que Manaus já está no pico do contágio e que os registros diários na região metropolitana começarão a cair a partir de 11 de maio.
“Estabelecemos um prazo que, a partir do dia 14, essas atividades retomam gradualmente, mas que até lá nós estamos renovando nosso decreto que suspende serviços que não são essenciais e até lá as pessoas têm de respeitar o isolamento social”, afirmou o governador Wilson Lima. Ontem (1º), o Amazonas bateu novos recordes ao registrar 469 infectados por Covid-19 em um dia, chegando ao total de 5.723 registros. Ao todo, já morreram 476 pessoas vítimas da doença no estado.

Nenhum comentário