Atitude de vereadores de não votar Projeto de Lei prejudica realização de obras em Muniz Ferreira; veja o que diz o prefeito Wellington

As principais notícias do recôncavo baiano e de Santo Antônio de Jesus você fica
sabendo no ‘Direto da Redação’ do Portal Infosaj/TV Recôncavo desta quarta-feira (20). O entrevistado de hoje foi o prefeito Wellington Vieira, de Muniz Ferreira, que na oportunidade falou sobre um projeto de lei, enviado pelo Poder Executivo para Câmara de Vereadores. O projeto é voltado para área de infraestrutura e visa beneficiar algumas localidades da cidade, mas saiu de pauta na última sessão após uma manobra da maioria dos vereadores que estão pensando em prejudicar o gestor quando na verdade está prejudicando toda a população. Ao iniciar a entrevista, Wellington disse que os recursos da cessão onerosa foi uma luta dos prefeitos de todo o país sendo que todos tinham direito e que Muniz Ferreira recebeu no ano passado R$ 480 mil, dinheiro que só pode ser usado para realização de obras em infraestrutura em 2020. O prefeito disse que tinha feito uma consulta junto à população para saber quais obras deveriam ser realizadas, inclusive as visitas já foram feitas no município para construção de praças.

Veja o ‘Direto da Redação’ desta quarta-feira (20); como convidado, recebemos o prefeito Wellington do município de Muniz Ferreira

Wellington espera que assim que o projeto entrasse na Câmara Municipal, iria ser aprovado de imediato pelos vereadores, já que o maior beneficiário seria a população. Revelou que R$ 200 mil são destinados para calcamento e R$ 280 mil para construção de praças. Considerou um absurdo o pedido de vista no projeto que na sua visão tem um só objetivo, atrapalhar. Indignado com a atitude dos vereadores, afirmou que na sua gestão nada é feito de forma errada e citou o reconhecimento do Tribunal de Contas do Município que lhe parabenizou pela prestação de contas. O gestor mandou um recado para os vereadores que de uma forma ou de outra ele não vai deixar de trabalhar. Disse que é abençoado por Deus e que cabe aos vereadores fiscalizar as obras. Foi mais além com os vereadores. Pediu para que os mesmos coloquem a cabeça no travesseiro e reconheçam o erro que estão cometendo em não votar no projeto que vai ser importante para Muniz Ferreira. Por fim, lembrou das economias que tem sido feito com os recursos públicos e afirmou que no seu governo tudo é feito da melhor forma possível.infosaj

Nenhum comentário