Rogério fala sobre Dr. Cristhian, Euvaldo, Leão e diz: “Denúncias no MP não prosperam. No meu governo não há espaço para coisas erradas”

O entrevistado desta quarta-feira (13), no ‘Direto da Redação’ do Portal Infosaj/TV Recôncavo foi o prefeito Rogério Andrade de Santo Antônio de Jesus. Na pauta, as principais notícias na área de saúde, economia, obras e política do município. Ao iniciar a entrevista, o prefeito falou sobre os casos de coronavírus que foram confirmados no município, que segundo ele, o primeiro já está curado e o último confirmado está em isolamento. E explicou sobre a postura de radicalizar as atividades comerciais na cidade que afetou estabelecimentos comerciais, industrias e até escolas públicas e particulares. E que só após 25 dias, flexibilizou o funcionamento do comércio para manter um equilíbrio entre saúde e economia. Falou sobre as vacinas que foram aplicadas no município, entrega de peixes na semana santa, medicamentos entregues na zona rural e urbana, tudo feito sem aglomerações. Não esqueceu de falar sobre a antecipação do pagamento do Cartão SAJ Cidadão que beneficia os mais carentes, cerca de mil. Rogério, ao falar das barreiras sanitárias, garantiu que vai ampliar nos finais de semana. Lembrou da Central de Monitoramento para o covid-19, que em sua fala disse está funcionando muito bem. Instalou cerca de 15 pias públicas, além da produção de máscaras pela Ação Social e organização das filas nas agências bancárias. O prefeito foi crítico com aqueles que não respeitam o momento de crise e continuam fazendo política baixa.

No ‘Direto da Redação’, veja a entrevista completa com o prefeito Rogério Andrade

Disse que o momento é para se doar de corpo e alma em meio a pandemia. Sobre o que tem recebido do governo federal, afirmou que o município até o momento só recebeu um recurso, que é destinado para o combate ao covid-19. Que vai precisar ser prestado contas para população. Ainda sobre os recursos, disse que o município já perdeu R$ 5 milhões em arrecadações, e que apesar dessa situação, o governo municipal está equilibrado porque trabalha com os pés no chão, diferente de outra gestão que na sua visão por falta de planejamento acredita que a situação estaria pior. Mas aguarda os aportes do governo federal e pede força a Deus para que junto com a sua equipe possa enfrentar a situação. Sobre as denúncias feita a sua gestão, Rogério pediu que a oposição formalize as acusações e leve ao Ministério Público. Fez questão de dizer que as denúncias que já foram apresentadas no MP não prosperaram porque em seu governo não há espaço para coisas erradas. E mandou um recado dizendo que já cortou R$ 2 milhões com aluguéis, R$ 3 milhões com bandas no São João e que um carro locado que custava antes R$ 2.900,00 hoje custa R$ 1.400,00. Outro assunto importante foi com relação a UPA, disse que o processo foi feito com legalidade para escolha de uma empresa que vai administrar a unidade.

Pretende gastar R$ 700 mil por mês e que por seu planejamento, já existe na conta R$ 7 milhões. O gestor voltou a falar sobre a flexibilização do comércio e espera que os próximos boletins tragam tranquilidade para seguir autorizando a abertura de lojas na cidade e repreendeu aqueles que torcem para que a cidade tenha surtos do vírus. Perguntado sobre as declarações do pré-candidato Dr. Cristhian Ferraz de que o município tem mais casos de covid-19, Rogério negou e disse continuar trabalhando para que não surja novos casos. E garantiu que segue com as testagens assim como outras cidades também fazem na região. Prometeu mais testagens nos próximos dias. Perguntado se faria um exame para o covid-19, o prefeito disse que não ver problema, e mandou recado aos opositores que está bem de saúde para trabalhar muito mais por Santo Antônio de Jesus. Prometeu obras no aniversário da cidade que já estavam planejadas desde o ano passado. Sobre o vice-governador João Leão, afirmou que não houve nada que pudesse mudar sua relação com o Leão. E que encara com muita tranquilidade o desejo de João Leão querer apoiar um pré-candidato do próprio partido, o PP. Mas acredita que estarão juntos para comemorar mais uma vitória. Sobre Euvaldo Rosa, Rogério disse que fala com o ex-prefeito no mínimo dez vezes ao dia. Que tem boa relação já que juntos tiveram sete eleições vitoriosas e dois distanciamentos. Mas que há uma relação de confiança e lealdade. Hoje estão muito mais fortes depois do reencontro chamando. Chamou Euvaldo de um amigo de longas caminhadas.

Nenhum comentário