Prefeito confirma 2ª morte por coronavírus em Santo Antônio de Jesus; gestor cogita fechar o comércio

O prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade, informou, através de redes sociais, a segunda morte por coronavírus no município. A vítima trata-se de uma senhora de 72 anos.
A primeira paciente foi uma idosa, de 82 anos, com comorbidades pré-existentes (diabetes e hipertensão) esteve internada com quadro clínico sugestivo para COVID-19 e veio a óbito na quarta-feira (3). Contudo, a confirmação do exame molecular se deu nesta quinta-feira (4).De acordo o prefeito, uma idosa morreu no hospital do Subúrbio, em Salvador, e a outra no Hospital Incar, em Santo Antônio de Jesus.
Com isso, o maior município da região, conhecido como “a capital do Recôncavo”, reúne 78 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, sendo que 51 estão recuperados, 25 em isolamento domiciliar e um em internamento, e dois óbitos.
Outras 71 pessoas são consideradas casos suspeitos da doença e aguardam resultados de exames, encaminhados a laboratórios privados ou ao Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen).
Diante da situação, o prefeito cogita a possibilidade de fechar o comércio novamente.”Já alertamos as cadeias produtivas que a depender dos próximos boletins, a depender dos indicadores, da possibilidade de suspensão das atividades comerciais. Nesse exato momento nossa rede não encontra-se enforcada. Nossos óbitos não foram por falta de leitos. Ambas estavam em Unidade de Terapia Intensiva”, explicou.

Nenhum comentário