Covid-19: Centro de atendimento para pacientes com sintomas de síndrome gripal é inaugurado em Muniz Ferreira

 

O prefeito Wellington Vieira e vice Minde  de, Muniz  Ferreira , inaugurou nesta terça feira  , O  Centro de atendimento da Sindrome  Gripal  e covid 19   com  Cuidado Comunitário, mais um serviço para garantir a assistência aos pacientes com sintomas respiratórios e suspeita de infecção pelo novo coronavírus.Unidades atendem a usuários com quadros leves de síndromes gripais

Como parte das ações de enfrentamento do novo coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deu início, na manhã desta terça-feira (11), ao funcionamento de da  unidades de referência para triagem e atendimento de usuários com síndromes gripais  de Muniz Ferreira. A unidade são referências para usuários que apresentem febre, tosse, dor de garganta, dor de cabeça e dor no corpo.

Responsáveis por atenderem pacientes com sintomas leves e realizarem os encaminhamentos necessários para cada caso, a Unidade Básica de Saúde de  Muniz Ferreira ) foram reestruturadas para o nova modalidade e funcionarão das 08h às 16h.

“O postos que contam com um bom espaço e estão prontos para receber as demandas desses pacientes. Nós trabalhamos para capacitar e adaptar essas unidades, pensando em ofertar um melhor atendimento para o nosso público, seja aquele que pode ter sintomas ligados à Covid-19, como para os que vão à unidade para se vacinar ou para algum outro procedimento”, destaca ,  secretária  municipal de Saúde.

Na entrada, um profissional orienta a população para higienização das mãos e uso de máscaras. A unidade conta com salas de triagem, atendimento médico, observação, de procedimentos e medicação, farmácia, testagem e coleta, e realização de exames, além de espaço para a equipe do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde , responsável pela notificação de casos.   

De acordo com a secretaria Daiane  Mota    o objetivo é que esses usuários tenham um local específico para serem atendidos, evitando que a doença se agrave.  “A equipe está muito preparada e com todos os equipamentos funcionando, como tem que ser para o atendimento desses casos. A gente observou que esse paciente está procurando as unidades quando está mais grave, então equipamos essas unidades para essas pessoas com sintomas mais leves”, explica

Usuários são orientados e atendidos desde a entrada da unidade.





Fluxo de atendimento

O atendimento nas unidades segue o fluxo , recomendado pelo Ministério da Saúde, como explica , coordenador Gildelia das equipes das unidades de referência. “Nessa avaliação a gente já identifica se o paciente vai ter condições clínicas que são relacionadas a síndrome gripal ou se é outra questão. A partir da triagem a gente já faz os encaminhamentos ou acolhe na unidade, entregando máscara para esse paciente, porque ele só entra na unidade se estiver usando uma máscara”, detalhou.

Após a classificação inicial, o paciente passa por um cadastro com a equipe. Em seguida, passa por uma triagem com o enfermeiro para avaliação dos sintomas, momento em que é classificada a gravidade. Depois disso, ele é avaliado pelo médico e terá acesso à conduta terapêutica indicada pelo profissional. Nestas unidades, todos os profissionais foram capacitados para atender e direcionar da melhor forma possível os usuários com síndrome gripal. “Nós treinamos os médicos, enfermeiros, técnicos e administrativos, tanto com relação à segurança, quanto ao fluxo dentro das unidades, mostrando a importância de orientar bem esses pacientes”. Tudo está alinhado dentro da

“(Aqui a gente vai ofertar teste rápido ); testagem rápida  RT PCR de pacientes. O  Centro de atendimento da Sindrome  Gripal  e covid 19   Atendimento médico consulta psicossocial e realizações de testes rápidos , das 08 as 17:h tudo agendado

Agora Muniz Ferreira já conta com um centro de atendimento direcionado somente aos pacientes com síndrome gripal e covid 19. O Centro tem como objetivo a identificação precoce dos casos de COVID-19, através do contato telefônico pelo DISK: 75 98852-2902. O primeiro contato com o paciente sintomático será através deste número. No espaço serão ofertados: atendimento médico consulta psicossocial e realização de testes rápidos. Os serviços serão ofertados através de marcação, para evitar aglomeração dos pacientes. A secretaria de saúde juntamente com a prefeitura permanece na batalha de enfrentamento da pandemia. Profissionais foram capacitados para atuarem na





unidades.

Assistência aos usuários

Com a reestruturação das unidades, os serviços ofertados anteriormente precisaram ser transferidos.

 “Eu acredito que a população só tem a ganhar com isso, porque não vão precisar descer para ter esse atendimento. Tivemos uma semana de preparação, com a reestruturação de toda a unidade. Nossa equipe foi direcionada para outras unidades e, assim, as pessoas que eram atendidas aqui não vão ficar desassistidas”, reforça a secretaria. Passaram por reestruturação para atender a casos leves de moradores 

 

 


Nenhum comentário