Auxílio doença do INSS: Quem adiantou benefício na quarentena receberá mais!


Os segurados da Previdência que receberam a antecipação do auxílio doença vão passar a receber o benefício em definitivo. Com esta decisão, os segurados que pediram o adiantamento de R$1.045, mas que teriam direito a um valor maior, vão receber a diferença sem precisar de um novo requerimento.



A decisão vale para as antecipações em que o afastamento tenha terminado até o dia 2 de julho deste ano.
O pagamento será feito aos segurados no mês de outubro através do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), após a conferência dos valores pela Dataprev.
Os segurados que foram contemplados pela antecipação e que tem direito ao pagamento da diferença, podem acompanhar todas as informações pelo Meu INSS e pela Central 135.

Extensão da antecipação

A portaria que liberou a antecipação das parcelas de salário mínimo mensal (R$ 1.045) do auxílio-doença por até 60 dias foi publicada em 24 de agosto. Anteriormente, o prazo era de 30 dias.
O beneficiário vai poder solicitar a prorrogação da antecipação do auxílio-doença baseado no período de repouso que consta em seu atestado médico anterior ou pedir novo requerimento com a apresentação de um novo atestado médico.
Em ambas as situações, a prorrogação da antecipação continua limitada também ao prazo de 60 dias.
A Secretaria Especial de Previdência Trabalho, disse que antes, o segurado podia solicitar a prorrogação após 30 dias da primeira concessão, e podia receber a antecipação por até três meses, incluindo as prorrogações.
Já com esta nova portaria, o pedido de prorrogação pode ser feito depois de 60 dias, para o segurado que requerer até o dia 31 de outubro.
Um atestado de 210 dias, que começou em 01/06/2020, por exemplo, gerava uma antecipação até 30 de junho. Logo após, uma primeira prorrogação até 30 de julho e uma segunda até 29 de agosto. A partir de agora, vai ser gerada uma terceira prorrogação até 28 de outubro e uma quarta até 27 de dezembro.
As agências do INSS tem previsão de retorno para o dia 14 de setembro. Elas estão fechadas desde o início da pandemia do coronavírus.
Os sistemas do (INSS) estão adaptados para receber os atestados médicos de trabalhadores que estão na fila do auxílio-doença e queiram solicitar a antecipação no valor de R$ 1.045. 

(Saiba Mais no Link Abaixo)

Nenhum comentário