IPVA 2021 como consultar DETRANs, calendário, pagamentos e valores

 

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) se trata de um imposto obrigatório, pago anualmente por por quem possui um veículo. Ou seja, quem for proprietário de um carro, moto, caminhão, ônibus, micro-ônibus, máquina agrícola, ciclomotor e afins, precisarão realizar o pagamento do IPVA 2021.

Apesar do tributo ser cobrado em todo o país, cada estado possui suas próprias regras sobre o pagamento.

O valor do IPVA 2021 é dividido entre o estado (ou Distrito Federal) e o município onde o veículo é registrado, conforme previsão existente na Constituição Federal.

Cálculo e valor do IPVA

Como já foi mencionado anteriormente, cada estado possui uma série de regras relacionadas ao pagamento do IPVA. Uma delas são as alíquotas.

Tomando como exemplo o IPVA 2021 São Paulo, as alíquotas podem chegar até 4% sobre o valor de venda.

O valor do IPVA varia de acordo com o de acordo com o tipo de veículo e também sobre características como potência do motor, local de fabricação (nacional ou estrangeiro) e combustível utilizado.

Normalmente, por meio da tabela FIPE, é possível conferir a referência de preços de venda de veículos.

Este levantamento é divulgado uma vez ao mês pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e traz uma média nacional dos valores de automóveis novos, seminovos e usados.

Uma outra regra que se diferencia de um estado para outro, é o calendário de pagamento do IPVA 2021. Além disso, cada local define também os parcelamentos e a forma de cobrança.

Usando como exemplo o pagamento do IPVA 2021 Rio Grande do Sul, há a opção de pagar o imposto à vista, com o vencimento de todos os veículos para o mês de abril (de acordo com a placa) ou parcelar o valor total em até 3 (três) vezes.

A 1ª parcela deverá ser paga até o dia 29 de janeiro

A 2ª parcela deverá ser paga até o dia 26 de fevereiro

A 3ª parcela deverá ser paga até o dia 31 de março

Ainda usando o exemplo do IPVA 2021 RS, é possível também antecipar o pagamento do imposto. Para isso, os valores poderiam ser pagos até 30 de dezembro de 2020.

Essa prática é bastante comum e em alguns casos, vantajosa para o contribuinte, pois traz direito a descontos no valor total.

Quem tem direito a isenção do IPVA?

Os veículos com 10 anos ou mais de fabricação não precisam contribuir com o IPVA nos estados de Roraima e Rio Grande do Norte.

Já nos estados como Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Goiás, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins, os veículos com mais de 15 anos tem direito a isenção do IPVA 2021.

No Mato Grosso, somente os veículos com mais de 18 anos de fabricação poderá solicitar isenção do IPVA.

Em Alagoas, Acre, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, o veículo precisa ter 20 anos ou mais de fabricação para deixar de pagar o IPVA.

Nos estados de Pernambuco e Minas Gerais, não há o benefício da isenção para carros antigos e sim uma redução gradativa do valor devido.

Em Santa Catarina, os veículos fabricados em até 1985 estão isentos do tributo.

Um outro modo de não pagar o IPVA, é se o veículo estiver no nome de uma pessoa com com deficiência física, visual, autistas, além daqueles com limitação severa ou profunda.

Os estados que garantem a isenção do IPVA 2021 para pessoas com deficiência são:

Distrito Federal

Espírito Santo

Goiás

Paraíba

Minas Gerais

Paraná

Pernambuco

Piauí

Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte

Rio Grande do Sul

São Paulo

Como conseguir a isenção do IPVA?

Em casos de doença, são exigidos uma série de documentos, que devem ser apresentados junto com um formulário (disponibilizado pelo DETRAN ou secretaria da fazenda de seu estado) pelo interessado no Posto Fiscal:

Carteira de Identidade e CPF.

Carteira Nacional de Habilitação, na qual conste a autorização para dirigir veículo adaptado.

Certificado de registro e licenciamento do veículo.

Laudo da perícia médica do DETRAN, especificando o tipo de problema físico e o tipo de veículo que o paciente pode dirigir.

Nota Fiscal com as adaptações feitas no veículo.

Declaração do paciente atestando que não possui outro veículo com isenção de IPVA.

Em casos de veículos antigos, é preciso ter a comprovação do ano de fabricação do mesmo, além dos documentos de identificação do automóvel e do proprietário.

Consultar IPVA 2021 pela internet

Usando o exemplo do IPVA 2021 Minas Gerais, confira como consultar o pagamento usando um computador ou celular smartphone:

Acesse o DETRAN-MG clicando aqui;

Escolha a opção “IPVA – 2021”;

Clique na opção “guia de arrecadação”;

Na próxima página, digite o seu RENAVAM e escolha o ano 2021 como ano de exercício. Informações do site fdr.com.br.

Nenhum comentário