Eleição em Aratuipe 2020: Quem está na frente Amarelo (Sinho) X Vermelhinho (Prof. Tone): do município de Aratuipe

Jamais, na historicidade do município de Aratuípe, uma disputa política do nível da que ora se realiza nesse receptivo município do recôncavo baiano, onde a civilidade, o respeito mútuo permeia no seio de uma população que tem, na democracia, um dos esteios existenciais. Um povo que conhece, de cátedra, os nomes que hoje se apresentam para conduzir os destinos do município nos próximos 4 anos. DOIS GRANDES OPONENTES E UM ÚNICO OBJETIVO: O DESENVOLVIMENTO DE ARATUÍPE De um lado, Antonio Miranda “Sinho”, atual prefeito e candidato à reeleição, ao lado de Joelton, pela chapa majoritária do PSD (55), referendada pelos canários “Amarelinhos” que, confiantes e bastantes animados, não apenas hipotecam apoio à continuidade de um trabalho meritório mas, também, esperam que a filosofia administrativa do atual mandatário possa ter continuidade em prol do crescimento do município, a partir de janeiro de 2021. Do outro lado, outro grande nome do município, o professor Tone, candidato a prefeito pela sigla do PCdoB (65), ao lado de Sivaldo (candidato a vice). Eles que ingressam na político-partidária com o escopo de colocar em prática, em sendo eleitos, suas concepções administrativas, em prol do desenvolvimento local. AMARELINHOS X VERMELHINHOS: NUMA DIPSUTA QUE SERVE DE EXEMPLO PARA TODA REGIÃO Na grande maioria dos municípios do país e não é diferente no norte e nordeste, Bahia e recôncavo baiano, as disputas eleitorais, sempre levam as diversas facções político-partidárias a embates mais efusivos, mais ostensivos, sempre em busca de sobreposição perante aos adversários. E, nessas contendas, nesses confrontos, tal qual acontece nos ringues de boxes, cada competidor, se utiliza dos “golpes” ou “armas” que, segundo eles, surtem mais efeitos aos seus propósitos no momento em que podem lavá-los à lona ou às cadeiras, nas alçadas do executivo e legislativo municipais. “Diretos”, “ganchos”, “cruzados” quase sempre são utilizados para levar os adversários ao nocaute, nos tablados. E nas disputas políticas, o mesmo diapasão, principalmente agora, em plena pandemia e utilização das mídias sociais onde os “fake news” geralmente são utilizados para macular a imagem dos oponentes, com ofensas, inverdades, etc. NEM VENCIDOS, NEM VENCEDORES Mas em Aratuípe, pelo que podemos observar, nesse giro empreendido na região, pelo Tvsaj.com.br e Gazzeta do Recôncavo, felizmente, em que pese o fervor da disputa, prevalece o respeito mútuo entre os concorrentes ao executivo e legislativo. De parabéns, portanto, os grupos liderados pelos candidatos Sinho/Joelton de um lado e Prof. Tone/Sivaldo, do outro. Disputas, apenas nas urnas. É imperativo que, apurados os votos, diplomados os eleitos, vencedores e não eleitos estejam unidos em prol do desenvolvimento de Aratuípe, sem aquele tradicional jogo de emperramento perpetrado pelos não ganhadores. Fotos, Antonio Mascarenhas (Tvsaj.com.br)

Nenhum comentário