Genival Deolino diz: “Tem boas peças na gestão atual que vamos aproveitá-las, tem pessoas que estão ajudando em nossa transição” de governo

 


O prefeito eleito de Santo Antônio de Jesus, Genival Deolino, do PSDB, confirmou que o processo de transição para a nova gestão no município já começou. Ele teve 53,82% dos votos e derrotou Rogério Andrade (PSD), que ficou em segundo lugar com 43%. Em entrevista a Mário Kertész nesta última sexta-feira (11), durante o Jornal da Bahia no Ar daRádio Metrópole, ele comentou os motivos que o levaram a se candidatar à prefeitura.

“As pessoas sempre me cobraram por muito tempo para que eu fosse candidato a prefeito. Mas eu nunca quis, sempre tive só a vontade. As entidades empresariais são muito fortes, a cidade cresceu bastante e os empresários estão muito ativos. Nós tínhamos a vontade de que o setor público acompanhasse o mesmo ritmo. Nunca conseguimos isso. Foi aí que veio minha coragem de sair como prefeito”, declarou.

Ainda segundo Genival, a campanha na cidade foi espontânea pelo sentimento de mudança. “Nunca fui político de carreira ou sequer tive um adesivo em meu carro. Às vezes tinha um marketing nas redes sociais e a gente não sabia se era nossa ou se foi alguém que fez”, afirmou o prefeito eleito.

Questionado por MK, Genival Deolino negou que irá demitir sumariamente integrantes da atual gestão. “O governo é para todos. As pessoas dizem que vamos demitir todo mundo dos comissionados da administração. Isso não existe, tem boas peças na administração atual que vamos aproveitá-las. Já estamos aproveitando essa transição. Temos alguns servidores que são da atual administração e estão nos ajudando em nossa transição”, disse o gestor. (Metro1)