Operação retira ocupação irregular de área verde pública em Santo Antônio de Jesus

 

Duas pessoas foram conduzidas ontem, dia 23, à Delegacia de Polícia de Santo Antônio de Jesus, durante operação coordenada pelo Ministério Público estadual para desocupar e limpar a área verde da “Mata Escura”, onde havia ocupações irregulares e frequentes queimadas e desmatamentos ilegais conforme denúncias apuradas pelo MP. Elas são suspeitas de crimes ambientais.  A ação foi realizada por equipes técnicas do MP, da Prefeitura, Polícias Militar e Civil, orientadas pelo promotor de Justiça Julimar Ferreira.

A área é pública, pertencente ao Município, e está localizada próximo ao Conjunto Habitacional Zilda Arns. A operação foi realizada após denúncias da invasão de espaço público, desmatamentos e queimadas serem encaminhadas ao MP. O promotor Julimar Ferreira mobilizou a Prefeitura e estabeleceu um prazo de 30 dias para que a região fosse desocupada pelos “invasores”. Segundo o promotor, na ação foram utilizados tratores e caminhões para retirada de cercas, galinheiro, baias de cavalo e uma metalúrgica.

Cecom/MP - Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502