*ALBA: Robinson denuncia fraude de Bolsonaro na inauguração de trecho da BR-101 e pede visita da Comissão de Infraestrutura*

 



Durante a reunião da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (27), o deputado estadual Robinson Almeida (PT) propôs a visita técnica do colegiado, formado ppr deputados baianos, para fiscalizar o andamento da obra de duplicação da BR-101. Segundo o parlamentar, o divulgado pela equipe do presidente Jair Bolsonaro é que ele veio à Bahia na última segunda-feira (26) inaugurar 22 km de duplicação, e que obra foi iniciada no governo do presidente, mas como verificado e divulgado pela agência LUPA, (AGÊNCIA DE FACT-CHECKING DO BRASIL), as informações apresentadas pelo Governo Federal são falsas.

Segundo informações apuradas e divulgadas pela agência, a obra foi iniciada no ano de 2014, durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). As obras continuaram com o presidente Michel Temer (MDB). Dois dos quatro trechos foram paralisados em dezembro de 2018, e um deles continua parado no governo Bolsonaro. Dados do sistema de acompanhamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) mostram ainda que a execução desse trabalho recebeu menos recursos atualmente do que no governo Temer. Além disso, na última terça, foram entregues apenas 8,3km de duplicação, e não 22 km como divulgado pela equipe do presidente.

“A comissão deve fazer uma visita à BR-101 para verificar efetivamente o andamento das obras e que possamos dar conhecimento aos baianos e baianas o que realmente foi executado pela gestão atual do Governo Federal. Devemos fiscalizar também quais os trechos estão em condições de tráfego imediato. A Bahia não pode aceitar que a maior autoridade do país venha ao nosso estado divulgar informações, aparentemente falsas”, afirmou o parlamentar.