Jovem Aprendiz da Marinha abre 750 vagas com bolsa auxílio de até R$ R$ 2.294,50; saiba como se inscrever

O concurso da Marinha de 2021 abriu 750 vagas para Jovem Aprendiz. Às vagas são para voltadas para os jovens que desejam se formar nas escolas de aprendizes-marinheiros. O curso terá duração de um ano e durante esse período os estudantes receberão uma bolsa auxílio inicial no valor de R$ 1.303,90, chegando até R$ 2.294,50 após formação.

Escola de formação Marinha

A Marinha do Brasil abriu 750 vagas do seu curso de formação para aprendizes-marinheiros 2021. O curso é voltado para todos os jovens que desejam seguir carreira militar.

O curso será ministrado sobre regime interno e tem duração de um ano. Os alunos terão disciplinas do Ensino Básico e do Ensino Militar-Naval.

Durante o período do curso, os estudantes receberão uma bolsa auxílio mensal de R$ 1.303,90, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa. Após a graduação do curso, o salário do militar será de R$ 2.294,50.

Todos os candidatos que ingressarem na Marinha, deverão seguir as normas e compromissos de honra. Confira:

-Fidelidade à Pátria;

-Culto aos símbolos nacionais;

-Proibido a deslealdade em qualquer circunstâncias;

-Disciplina e respeito à hierarquia;

-Obrigação de tratar com dignidade o subordinado.

As inscrições começam no dia 24 de maio e vão até 13 de junho de 2021 e devem ser feitas no site de ingresso marinha. O valor da taxa é de R$ 40.

Quem pode participar?

Para participar do curso de formação, os candidatos precisam estar dentro das condições a seguir:

-Candidatos do sexo masculino;

-Ter 18 anos completos e menos de 22 anos no primeiro dia de janeiro de 2022;

-Altura mínima de 1,54m e máxima de 2m;

-Ensino médio completo ou cursando o último período.

Seleção

Serão aprovados os candidatos que passarem com êxito nas sete etapas do processo seletivo, todas de caráter eliminatório e classificatório, sendo:

-Prova objetiva;

-Verificação de Dados Biográficos (VDB);

-Inspeção de Saúde (IS);

-Teste de Aptidão Física (TAF);

-Avaliação Psicológica (AP);

-Verificação de Documentos (VD);

-Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH).

A prova objetiva, prevista para acontecer na segunda quinzena julho de 2021, será composta por 50 questões de múltipla escolha. Nela serão abordados as respectivas matérias:

-15 questões de Português;

-15 questões de Matemática;

-15 questões de Ciências (Física e Química);

-5 questões de Inglês.