Com taxas de ocupação em alta por conta da Covid-19, governo da BA já avalia medidas mais rígidas em cidades no interior do estado


 A situação da pandemia no interior da Bahia tem deixado o governo em alerta. Nas regiões Oeste e Norte, as taxas de ocupação de leitos de UTI preocupam. “A situação no oeste do estado é muito crítica e nós decretamos com unanimidade de todos os prefeitos o fechamento de toda atividade não essencial no comércio para parar uma situação muito preocupante para o governo”, afirmou o governador Rui Costa, nesta segunda-feira (17). A cidade de Paulo Afonso, no Norte do estado, atingiu 100% de ocupação dos leitos, por isso haverá uma reunião para decidir medidas sanitárias mais rígidas. “Vamos fazer reunião também relacionada a situação no norte do estado e, principalmente, em Paulo Afonso que também atingiu o 100% de ocupação de leitos”, completou Rui. “Estamos também monitorando a situação em Monte Santo, que decretou o lockdown de maneira correta porque só existem duas maneiras de deter o coronavirus. A primeira e mais eficaz é a vacina. Mas, enquanto não tem pra todo mundo, o distanciamento social é a segunda”, disse.Foto: Mateus Pereira/GOVBA