Presidente da Caixa confirma nova modalidade de empréstimo mesmo para negativados, com objetivo de retomar crescimento da economia

Está com o nome sujo? A Caixa Econômica Federal anunciou que criará uma linha de crédito voltada para pessoas com nome listado em empresas de proteção ao crédito. 

Disponibilizando valores de até R$ 100 mil, a instituição financeira oferece juros mais baixos do que empréstimos comuns e menos burocracia.

Apesar das facilidades, o cliente deverá deixar algum item de valor nos cofres da empresa para penhor. Se as parcelas do empréstimo não forem pagas, o bem do beneficiário será leiloado para abater a dívida.

Serão aceitos relógios carros, joias, canetas de valor, quadros e antiguidades como garantia. A estatal também liberou o uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) como forma de penhor para solicitar o empréstimo. 

De acordo com a Caixa, a linha de crédito é uma alternativa para manter a economia do país ativa e diminuir a inadimplência dos consumidores.