Secretaria de Saúde nega aplicação de dose vencida da vacina AstraZeneca em Santo Antônio de Jesus e diz que houve erro de digitação; veja nota na íntegra

 A Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio de Jesus (SMS), emitiu neste sábado (3), uma nota de esclarecimento informando que o município não aplicou vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 fora do prazo de validade. Segundo a SMS, o caso não passa de um erro de digitação.

Veja a nota baixo:

A Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio de Jesus vem, através deste, informar que a notícia veiculada em um portal de notícias, afirmando que uma vacina fora do seu prazo de validade foi aplicada em nossa cidade, não é verídica. A informação, apesar de constar no sistema de controle da saúde, não passa de um erro de digitação. Tendo em vista que, a SMS tem total controle sobre todas as doses aplicadas e que os frascos do imunizante vêm com o mínimo de cinco doses e uma vez abertos, são utilizados no mesmo dia, é impossível que uma só dose da vacina fora da data de validade tenha sido aplicada.

Outro fato que corrobora o flagrante equívoco da informação é que o lote de nº 4120Z-005 da AstraZeneca, do qual Santo Antônio de Jesus recebeu 460 doses, chegou na cidade no dia 29 de janeiro 2021 e venceria no dia 14 de abril 2021. Considerando a eficiência e velocidade com que as equipes da saúde aplicam os imunizantes recebidos, nenhum lote ficou tanto tempo em nossos estoques sem ser aplicado.

Para manter o nosso compromisso irrestrito com a transparência, já estamos buscando em nossos registros a pessoa que recebeu a citada dose, para que possamos conferir número do lote e a data da aplicação que consta no seu cartão de vacina, encerrando de uma vez por todas este mal-entendido. A Secretaria de Saúde tranquiliza a todos, e reforça o seu compromisso e responsabilidade para com toda a população santoantoniense.