Rui Costa critica proposta sobre volta de festas: ‘É prematuro’, mas destacou que cada município faz a sua avaliação; veja

 

O governador Rui Costa (PT) se mostrou mais uma vez contrário a realização do evento-teste em Salvador, marcado para acontecer na sexta-feira (27), no Centro de Convenções, na Boca do Rio. Durante a formatura do Curso de Formação de Sargentos da PM, nesta terça-feira (24), o gestor pontuou que a ação promovida pela Prefeitura de Salvador era precipitada, mesmo com a queda nos números no estado.

“Eu acho que a gente tem que ter uma mensagem clara para a população que não é hora de retomar festas, o Brasil só está com 27% da população com a segunda dose. Acho que é prematuro falar de festa e aglomerações e criar qualquer sinal trocado, por mais que os nossos números estejam caindo e estão caindo, mas é preciso que as pessoas tenham consciência”, afirmou.

Em outras oportunidades, o governador já havia demonstrado a insatisfação com a possibilidade de aglomeração em um evento desta magnitude, que tem como propósito definir um protocolo para o possível retorno do setor de entretenimento.

Apesar de não concordar com a realização, Rui afirma que esta é uma decisão de cada município. “O evento-teste está sendo realizado pelo município de Salvador e eventualmente poderá ser realizado por outro município, não tem a participação direta do estado, e eu não quero avaliar nem comentar. Isso cabe a cada município”, tangenciou. (BN)