João Roma é considerado o braço social do governo Bolsonaro e tem sido cogitado fortemente para encabeçar uma provável chapa à disputado do governo do Estado.

 






O Centro de Recuperação Aprisco, sediado na zona rural de Santo Antonio de Jesus, completou, no dia 07 de setembro, data de independência do país, 15 anos de relevantes serviços prestados à sociedade, notadamente no que concerne à inclusão social, num país de dimensões continentais e que  herda uma nada elogiável defasagem, nessa esfera. 

E, nesse sábado, 11, essa instituição recebeu a visita do Ministro da Cidadania João Roma, considerado o “braço social do governo Bolsonaro!”. Ele que, graças à sensibilidade que lhe é inerente, vem fazendo com que sua pasta ganhe destaque, não apenas no seio do atual governo mas, principalmente, junto à sociedade. 

Coube ao Pastor Reinado, diretor da  APRISCO, com colaboração de sua equipe, capitanear os trabalhos de maneira que a entidade pudesse receber, a contento (o que também é importante) os convidados de forma confortável.

 

Dentre os participantes, o prefeito de Cruz das Almas, Edinaldo Ribeiro; ex-prefeito Olavinho (Amargosa);  vereadora Dalva Mercês (S.A.Jesus) e Meirinha (Muniz Ferreira)que os convidados pudessem ouvir propostas que tenham por escopo a ampliação de todo um trabalho de inclusão social que, até então, vem sendo realizado. 


Logo após execução de belas canções por parte do Pastor Guilherme Camargo, o ministro, ao lado do aludido prefeito de Cruz das Almas, Edinaldo Ribeiro e do seu assessor especial, empresário e advogado Neto Sandes, participou de coletiva com segmentos da imprensa local. Respondendo a todos os questionamentos formulados, não saiu pela tangente: longe disso. Confira o vídeo acima. 

O pastor Reinado, regozijado diante do sucesso desse encontro, realçou a firmeza com que o ministro recebeu pleitos que possam fazer com que essa instituição possa, deveras, continuar desenvolvendo o importantíssimo trabalho de inclusão social no município.