Eleições 2022: Wagner já nega racha na base e provoca ACM Neto: Do lado de lá só quem cresce é o dono do grupo


 O senador Jaques Wagner, pré-candidato do PT ao governo da Bahia, reafirmou durante passagem na cidade de Santo Estevão, que a base de apoio ao governador Rui Costa (PT) não vai “rachar” nas eleições do ano que vem. O petista ainda provocou seu principal adversário na disputa, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), e disse que nenhum partido cresce ao lado do democrata. Wagner ressaltou ainda que a decisão final sobre a chapa majoritária que disputará o pleito de 2022 deve ser tomada em dezembro deste ano ou em janeiro do ano que vem. Para o ex-governador, o “bom diálogo” com a base governista prevalecerá. “Tenho conversado muito com Cacá Leão, com o PP, com Otto Alencar, com o PSD. Todo mundo cresce junto no nosso grupo, do lado de lá só quem cresce é o dono do grupo. A disputa de uma eleição não é uma disputa de idade, é uma disputa de ideias; o adversário representa as ideias velhas, nós representamos as ideias novas. Estou muito tranquilo, pois o povo sabe como era antes e como é agora”, pontuou Jaques Wagner em entrevista coletiva. (Bahia.Ba)