Risco de rompimento de barragem leva prefeitura a evacuar comércio no centro de Poções à parte mais alta da cidade e situação já é monitorada

 


As chuvas constantes na Bahia estão ocasionando transtornos até mesmo para as cidades que não estão presentes na lista de municípios em situação de emergência, organizada pela Defesa Civil do Estado (Sudec). É o caso de Poções, localizada há 68km de Vitória da Conquista. O risco de rompimento da Barragem de Morrinhos fez com que a Prefeitura alertasse os comerciantes do centro da cidade para a evacuação dos seus produtos e equipamentos do local, em direção à parte mais alta da cidade.

Os residentes da margem do Rio São José e do Rio do Bezerro, em área de risco, também estão sendo orientados a buscarem lugares seguros para passar os próximos dias, com o acompanhamento da assistência social e defesa civil da cidade. Um vídeo que está circulando por grupos de WhatsApp dos moradores desde a manhã deste sábado (25) mostra o açude e um volume intenso de água na região. O homem que filma aponta a situação do vertedouro, utilizado para medição e controle de vazão, e afirma que a estrutura está rompendo.

De acordo com o vice-prefeito de Poções, João Bonfim, a situação está sendo monitorada pelos órgãos da cidade, com a ajuda do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), e aguarda a apreciação do Corpo de Bombeiros. Ele explica que ainda não há alagamento no centro, mas um risco, o qual aumenta caso as barragens se rompam.

“O Canal do Rio São José está com volume acima do normal, mas ainda não oferece risco. O risco são duas barragens que se encontram acima do açude. Se elas se romperem, aí o risco é grande.” Quanto ao rompimento do vertedouro, o político explica que a estrutura é feita de alvenaria e que uma proteção para evitar maior desgaste já foi feito. Ainda assim, uma parte lateral do vertedouro está rompendo, com o volume de água causado pelas chuvas.

“A análise de quem grava o vídeo não é a dos técnicos, que explicam que, no momento em que estamos acompanhando, a situação está sob controle. Caso a barragem rompa, o risco é maior”, afirma. Próximo a Poções, o município de Nova Canaã, centro sul do estado, passa também por situação de alagamento em boa parte da cidade. Desde ontem, a chuva é constante no local, e moradores afirmam que a situação está pior que no início do mês de dezembro.

As chuvas que atingem a Bahia também tem provocado estragos na cidade de Ibicuí, cidade tradicionalmente conhecida pelos festejos juninos. De acordo com a prefeitura local, mais de 2 mil pessoas foram afetadas por alagamentos nas últimas 24h, período em que a chuva não tem dado trégua. A previsão é de que as chuvas intensas se mantenham até o início da noite deste sábado (25). Não há ainda dados precisos sobre número de desabrigados. Correio da Bahia