Jaguaripe: Léo da Pousada Paraíso Perdido morre após ser atingido por um tiro na cabeça; Polícia investiga possibilidade de suicídio

 


Leandro Silva Troesch, da Pousada Paraíso Perdido, Praia dos Garcês, no município de Jaguaripe, morreu após ser atingido por um tiro na cabeça na noite desta sexta-feira (25).

Informações preliminares dão conta de que Léo estava junto com a esposa, Shirley Figueiredo, quando foi atingido e a Polícia investiga  a possibilidade de suicídio.

A Samu foi acionada, mas quando chegou ao local foi constatada a morte do empresário.Nas redes sociais, algumas pessoas manifestaram pesar e há uma comoção geral na localidade dos Garcês, onde Léo era visto como um empreendedor de sucesso alavancando o turismo na região.

Léo e Shirley  foram presos em fevereiro de 2021 por participação de um sequestro no ano de 2001 e atualmente cumpriam processo em liberdade condicional. matéria  Leo valente