Pesquisa PoderData: 59% das mulheres consideram Bolsonaro ruim ou péssimo; 53% do eleitorado não aprova o governo

 


Mais da metade das mulheres brasileiras consideram que o trabalho do presidente Jair Bolsonaro (PL) é “ruim” ou “péssimo”. Pesquisa PoderData realizada entre os dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro mostra, ainda, que 53% do eleitorado não aprova a gestão do presidente. A taxa está acima de 50% desde junho de 2021. A parcela da população que avalia o chefe do Executivo como “ótimo” ou “bom” chegou a 27% nesta rodada, aumentando 5% em relação ao último levantamento, quando era 22%. Entre os homens, 34% acham o presidente “ótimo” ou “bom” – a mesma taxa é de 20% entre as mulheres. Em relação a região, Bolsonaro tem maior popularidade no Norte, onde é avaliado como “ótimo” ou “bom” por 37%, e a pior avaliação no Nordeste – 60% das pessoas o acham “ruim” ou “péssimo”. A pesquisa foi realizada pelo PoderData, com recursos próprios, por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 3.000 entrevistas em 245 cidades nas 27 unidades da Federação de 31 de janeiro a 1º de fevereiro de 2022. O registro no TSE é BR-09445/2022. O intervalo de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Foto: Alan Santos/PR