Informações da APLB a respeito de uma auditoria no FUNDEB da cidade “não condizem com a realidade”, informa prefeito de Cruz das Almas em nota; confira


 A Prefeitura de Cruz das Almas lançou uma nota a respeito de uma nota onde a APLB informa a realização de uma auditoria da gestão do FUNDEB do município apontando sobra de R$ 7.764.724,76 (sete milhões, setecentos e sessenta e quatro mil, setecentos e vinte e quatro reais e setenta e seis centavos). Segundo a Prefeitura, os valores não condizem com a realidade, assim como as conclusões alcançadas pela APLB também não condizem com a realidade.

Leia a nota na íntegra abaixo:

“No último dia 10 de março, a APLB SINDICATO divulgou nota noticiando realização de auditoria da gestão do FUNDEB de Cruz das Almas apontando sobra de R$ 7.764.724,76 (sete milhões, setecentos e sessenta e quatro mil, setecentos e vinte e quatro reais e setenta e seis centavos).

Ocorre que, embora a Administração Pública ainda não tenha tido acesso aos documentos e relatórios que levaram a aludida instituição a concluir pela existência da sobra com considerável cifra acima mencionada, a atual gestão esclarece categoricamente que os valores não condizem com a realidade, assim como as conclusões alcançadas pela APLB SINDICATO.

A divulgação do suposto resultado de auditoria, em muito discrepante dos reais valores encontrados pelos órgãos de contadoria e controladoria interna da Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, configura medida absolutamente política, adotada apenas e tão somente para fins de induzir os profissionais da educação e também a população geral ao equívoco no que tange aos reais valores recebidos a título de repasse e os gastos suportados pelo FUNDEB.

Por fim, a atual gestão informa que adotará as medidas legais cabíveis em face dos responsáveis pela divulgação de dados e informações inverídicas e discrepantes com a realidade”.

Ednaldo José Ribeiro
Prefeito