XEQUE MATE DO PT? Major Denice Santiago pode ser anunciada como candidata a sucessão estadual pelo PT

 


Em meio ao cenário nebuloso em que se encontra a política petista na terra do dendê, eis que uma nova peça do xadrez da sucessão estadual na Bahia pode dar o xeque-mate na definição do nome que vai concorrer com ACM Neto a cobiçada cadeira do Palácio de Ondina.
Depois da desistência do Senador Otto Alencar (PSD-BA) de concorrer ao pleito, conforme publicado com exclusividade aqui no Gazzeta do Recôncavo, surge o nome da ex-candidata a prefeita de Salvador nas eleições de 2020, Major Denice Santiago. O nome guardado a sete chaves pela cúpula do PT ainda está no campo das especulações, mas informações de bastidores dão conta que a soteropolitana é responsável pela criação da Ronda Maria da Penha (RMP), na Polícia Militar da Bahia (PMBA), seja a escolhida.
O nome da Major Denice para concorrer a sucessão estadual pode ser confirmado pelo PT nas próximas horas, enquanto isso vamos aguardar os desdobramentos políticos dessa movimentação petista na Bahia e os impactos que podem ter na disputa eleitoral.
Saiba mais sobre a Major Denice Santiago
Indicada pelo Governador Rui Costa (PT-BA), na disputa da sucessão municipal em 2020, Denice Santiago Santos do Rosário é a terceira de uma família de cinco filhos. Cresceu em São Gonçalo do Retiro, na periferia de Salvador, onde mora até hoje. Na ocasião, venceu as prévias do partido em que disputou com a socióloga e líder de movimentos de mulheres negras, Vilma Reis.
Sobre o trabalho desenvolvido na Polícia Militar da Baia, Major Denice revela que foi a concretização do sonho de trabalhar com direitos humanos devido à atuação no combate à violência doméstica. “Já fazia política. Trabalho com perspectiva cultural, só não tinha atuação política partidária. Quis ampliar minha atuação e inspirar mais pessoas”, disse. Foto: Jonas Santos / Flickr PT Materia jornalista Alessandro