Rui Costa compara trajetória de vida de Jerônimo com a dele e de Lula: ‘Acredito muito no sucesso do governo dele’; veja

 


O governador Rui Costa (PT), em entrevista à rádio para Juazeiro e todo o Sertão do São Francisco, na terça-feira (27), disse que Geraldo Junior (MDB), escolhido para ser seu sucessor na disputa eleitoral da base governista, terá que fazer correria ‘dobrada’. “Acredito muito no sucesso do governo de Jerônimo, e se o povo me batizou de ‘Rui Correria’, ele terá que fazer uma correria dobrada, porque eu tive que correr sozinho, mas ele terá a ajuda do presidente Lula em janeiro, se Deus quiser”, afirmou o chefe do Executivo baiano durante entrevista.

O líder baiano e o pré-candidato escolhido para sucedê-lo na gestão do Estado da Bahia, junto com o pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), desembarcaram na cidade conhecida como o “Oásis do Sertão”, no Vale do São Francisco, para uma série de entregas e importantes anúncios. Na entrevista à Rádio Juazeiro AM, Rui apresentou Jerônimo como uma “figura simples”, com a mesma trajetória de vida que a dele e a do ex-presidente Lula (PT), além de ser o responsável pela preparação e acompanhamento, desde 2014, de todos os programas de sua bem avaliada gestão.

“Minha mãe dizia que a cabeça do ser humano pensa, toma uma decisão, por onde nossos pés pisaram e pisam. Se nossos pés sempre pisaram em tapete de luxo, em mármore, a cabeça nossa não pensa como a maioria do povo vive”, ressaltou, ao afirmar acreditar mais em pessoas que enfrentaram dificuldades, se superaram, mas não esquecem as origens e nem se encantam por cargo ou poder: “isso faz toda a diferença, porque se na história do Brasil Lula foi o melhor presidente que já passou pela presidência [da República], foi porque ele caminhou por onde o povo caminhou, sentiu a mesma dor e dificuldade do nosso povo”, comparou, ao lembrar da história de Jerônimo, que nasceu na zona rural de Aiquara, uma pequena cidade do Médio Rio Contas. Filho de vaqueiro e de costureira, Jerônimo se tornou engenheiro agrônomo, professor universitário e secretário de Estado em duas importantes pastas de sua gestão. BNews