*Eloína Machado é empossada no Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região*



Foi com alegria que o professor e advogado, Wenceslau Júnior, recebeu a notícia que a posse solene da magistrada Eloína Machado no cargo de desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) acontece nessa segunda-feira (30/5), às 17h. “Foi um merecido reconhecimento de seu trabalho, pois se trata de uma grande profissional comprometida e zelosa com o sistema de Justiça baiano. Tenho certeza que ela dará continuidade ao excelente trabalho, desenvolvendo suas funções com técnica, ética, transparência e louvor, honrando a Magistratura”, afirmou. A sessão presencial do Pleno do TRT-5 acontece na sala de sessões na sede do Tribunal, em Nazaré, e será transmitido pelo canal oficial do TRT-5 no Youtube.
A desembargadora teve o seu nome aprovado na lista tríplice para a promoção, pelo critério de merecimento, em novembro de 2021. Ela figurou por três vezes consecutivas na lista por merecimento, o que lhe garantia a promoção ao cargo.
*Carreira -* Formada em Direito pela Universidade Católica do Salvador (1988), Eloína Maria Barbosa Machado é pós-graduada em Direito Processual Civil pela Universidade Estadual de Santa Cruz (2006). Ingressou na magistratura em 15 de março de 1990 como juíza do Trabalho substituta no TRT5-BA. Em 23 de julho de 1993 foi promovida a juíza titular da 2ª Vara do Trabalho de Itabuna, por critério de merecimento, tendo sido diretora do Fórum Desembargador Humberto Machado, em Itabuna, de 1993 a dezembro de 2020. Já substituiu na 2ª Instância por diversas vezes.
A magistrada idealizou e liderou ações sociais importantes, como as campanhas Inverno Sem Frio e Natal Solidário para Todos, que há 29 anos vem sendo realizada para a arrecadação de alimentos e posterior distribuição a famílias carentes em diversos bairros de Itabuna. Tem título de cidadã itabunense; diploma “Mulher que faz a história de Itabuna” outorgada pela Câmara de Vereadores de Itabuna, além de diversas honrarias concedidas por aquele município, Polícia Federal, Polícia Militar, Assembléia Legislativa da Bahia e Santa Casa de Misericórdia.